A importância da empatia na vida profissional



Empatia significa a capacidade psicológica para sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela. Seria a busca por compreender sentimentos e emoções, procurando experimentar de forma objetiva o que sente outro indivíduo.


Ter um ambiente saudável e acolhedor é fundamental para melhorar a produtividade e reduzir o stress. E, em tempos difíceis e de grande estresse, a empatia pode se mostrar uma grande aliada — em especial, dentro das empresas.


A empatia é uma das qualidades mais importantes para uma vida profissional bem sucedida. Ela está relacionada à capacidade de ter sentimentos saudáveis e equilibrados e a reagir bem às crises e conflitos cotidianos, estabelecendo uma conexão sincera entre subordinados, pares e gestores.



O que significa empatia no ambiente de trabalho?

A empatia no ambiente de trabalho é considerada uma soft skill , uma vez que é uma habilidade essencial para um bom convívio com os colegas. E ela se faz necessária tanto nas relações diárias como nas demandas e tarefas de trabalho.

Por certo, será necessário na convivência com os colegas, em um momento ou outro, uma maior compreensão por alguma das partes.


Se um colaborador está enfrentando problemas na sua esfera pessoal, envolvendo a saúde de pessoas próximas, por exemplo, é de extrema importância que os colegas de trabalho apoiem esse colaborador, na medida do possível.


Mas, apesar de parecer simples, praticar a empatia no cotidiano pode ser mais difícil do que se imagina, principalmente no caso de uma empresa. É no ambiente de trabalho que lidamos diariamente com demandas, prazos e pressões. E isso, por sua vez, pode afetar a capacidade dos colaboradores de exercerem a empatia em suas relações profissionais.



Qual a importância da empatia para o trabalho?


O trabalho é uma das esferas mais importantes das nossas vidas, e o mercado é um ambiente de extrema competitividade. É dentro da empresa que passamos boa parte da nossa semana, e é lá onde temos que superar desafios, contornar obstáculos e trabalhar em equipe.

Contudo, não se pode deixar de lado o fato de que nós somos seres humanos, sociais e emotivos, que nos preocupamos com o que os outros pensam e com a forma em que avaliam às nossas falas e ações. Por isso, damos enorme valor às nossas relações pessoais com os outros, estejam elas dentro ou fora do local de trabalho. Tudo isso é natural, e é justamente por tanto que a empatia é um valor tão importante: ela mostra que reconhecemos a humanidade no outro, que o respeitamos e que nos importamos com ele. Parece pouca coisa, mas só o fato de você dar atenção e demonstrar se importar com o colega de trabalho pode fazer toda diferença. E esse é o melhor caminho para incentivar o outro a se importar com você e a se colocar no seu lugar, também.



Como desenvolver a empatia no ambiente de trabalho?


Autoconhecimento:

Como lidar com o sentimento alheio, quando não conhecemos e não sabemos lidar com os nossos? Por isso, a empatia está relacionada ao autoconhecimento. Saber seus pontos fortes e suas fraquezas é uma das melhores formas de aprender a conviver com as pessoas ao seu redor.

Saber ouvir:

Quando alguém vier “desabafar” algo, esforce-se para realmente prestar atenção no que está sendo dito, demonstre interesse ao ouvir e formule uma resposta que estimule a pessoa a continuar o diálogo e lembre-se: Vivências são individuais, cada pessoa lida de uma forma com cada situação.


Coloque-se no lugar do próximo:

Ao passar por uma situação onde você tenha que lidar com uma pessoa de pontos de vista e atitudes diferentes da sua, não a rotule, nem a trate como rival. Pense que opiniões diversas podem te enriquecer e que cada indivíduo possui uma visão do mundo.

35 visualizações0 comentário