Campanha Abril Verde: prevenção de acidentes do trabalho



O mês de abril é marcado pelo Movimento Abril Verde, instituído para a conscientização sobre a segurança e saúde no trabalho. Com o tema “Trabalhar sim, adoecer não”, a Secretaria da Saúde (Sesa) chama atenção para a campanha, que tem como objetivo sensibilizar a população para que o movimento permaneça em debate por todo o ano.


Abril foi escolhido por ter duas datas relevantes, o dia 07 de abril, Dia Mundial da Saúde, instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS); e 28 de abril, instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) como o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, em memória das vítimas de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. No Brasil, a Lei nº 11.121/2005 instituiu o mesmo dia como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho.Assim, o mês de abril, com a cor verde da segurança do trabalho, dispõe agora do Abril Verde, uma campanha para se pensar em segurança.



Como abordar esse tema na empresa?


1. Decore a empresa com a cor verde


A forma mais simples e tradicional de participar das campanhas que adotam um mês e uma cor é decorando a empresa com o tom correspondente. Assim, em abril, faça uso intensivo do verde utilizando fitas, balões e adesivos, entre outros meios que a criatividade sugerir.


Além disso, faça uso de cartazes e banners específicos para lembrar a campanha, distribuindo-os em locais estratégicos da empresa. A própria organização pode produzi-los ou utilizar kits específicos disponíveis para aquisição no mercado.



2. Invista em prevenção


O Abril Verde também pode ser uma ótima oportunidade para se iniciar o desenvolvimento de uma cultura de segurança preventiva no ambiente de trabalho. Trata-se de estimular o surgimento da conscientização dos colaboradores e dos gestores para a importância dos cuidados preventivos.


Dessa forma, cada setor e cada colaborador interiorizam a atenção e o olhar de cuidado e prevenção. Assim, mesmo as pequenas iniciativas terão sua aplicabilidade contra acidentes do trabalho e doenças nas atividades que são desenvolvidas, assim como no ambiente laboral.



3. Ofereça palestras e treinamentos


Palestras e treinamentos devem fazer parte constante das rotinas do pessoal de saúde e segurança do trabalho. No Abril Verde, deve-se utilizar essa experiência a fim de promover apresentações, lives, encontros online e outras formas de difusão do conhecimento.


O objetivo é aumentar o conhecimento e a informação dos colaboradores em geral para ampliar a consciência da importância do tema. Além disso, é um forte instrumento para construção ou reforço da cultura de saúde e segurança do trabalho, que deve estar sempre norteando as atividades da empresa nos seus diversos setores.

4. Promova debates


Debates, de modo geral, constituem uma forma muito boa de se desenvolver ideias e discutir novos procedimentos. Fazer uso dessa ferramenta durante o Abril Verde é um caminho bastante adequado para os temas que a campanha pode englobar.


Assim, é recomendável realizar um levantamento prévio para se definirem os aspectos mais importantes na empresa relacionados à saúde, segurança e bem-estar no trabalho. Desse modo, pode-se utilizá-los como referência ou como temas para os debates.


5. Divulgue os riscos


Existe uma previsão normativa (NR 9) para a divulgação dos riscos existentes em um ambiente de trabalho ou em uma determinada atividade. Apesar disso, essa informação constitui uma boa oportunidade de sensibilização dos colaboradores para seu engajamento na campanha Abril Verde.


Um afinamento dos dados mais importantes referentes a cada atividade ou setor da empresa e seus respectivos riscos permitirá informar e orientar os colaboradores. A sensibilização a partir do conhecimento da própria realidade em que se está inserido é bem mais fácil de ser alcançada.





9 visualizações0 comentário