Como se preparar para as Profissões do Futuro?


Ao projetar a carreira, um erro comum é pensar em ocupações com grande demanda no momento, em vez de voltar a atenção para as profissões do futuro.

Demora algum tempo para que o profissional adquira conhecimento e experiência prática para se destacar na função escolhida.

Por conta disso, entre a decisão de se dedicar àquela profissão e o momento de colher os frutos com um bom emprego ou empreendendo no setor, muita coisa pode acontecer.

O que antes era promissor pode rapidamente virar obsoleto.

Tivemos uma demonstração recente disso com a crise desencadeada pelo coronavírus, que tornou ultrapassados os padrões rígidos de trabalho, acelerando a adoção do home office e da flexibilização.

Além dos imprevistos como a Covid-19, estamos em uma era em que as mudanças ocorrem mais rápido que nunca.

Isso acontece graças à tecnologia e à globalização, principalmente.

As distâncias são encurtadas e as demandas do público se modificam com grande velocidade.

Mas se tudo se transforma de maneira tão ágil, será que faz sentido se preocupar com as profissões do futuro?

Esse tipo de “futurologia” é importante, sim, para prever cenários e tentar se preparar para suprir as demandas que serão criadas – mesmo que elas mudem.

Aliás, o fato de elas mudarem é muito relevante para determinar o perfil do profissional do futuro.

Porque esse cenário leva à compreensão de que o conhecimento técnico, embora seja eternamente relevante, não é tudo: o desenvolvimento de capacidades pessoais é essencial.

Ao longo deste artigo, explicaremos melhor essa afirmação e falaremos sobre algumas das profissões do futuro.

Leia jornais, sites, revistas, romances, livros de reportagem, ensaios, colunas…

Com a leitura diversificada, você desenvolve uma base intelectual que o prepara da melhor maneira possível para interpretar as mudanças que estão acontecendo e outras que vão acontecer.

É claro que as leituras relacionadas com questões futuras têm mais relevância.

Como o livro recente do professor e autor israelense Noah Harari, chamado 21 lições para o século 21, que ajuda a entender o mundo que criamos.

Além da leitura, procure desenvolver, na sua vida profissional e pessoal, capacidades que lhe transformem em uma pessoa flexível, ágil e com sede de aprendizado.

Porque a dinâmica no mercado de trabalho será de empresas com essas mesmas características, que não tenham medo de ousar e aprendam rapidamente com os erros.

Isso tudo porque o cenário atual é de muita volatilidade, graças à globalização, avanços tecnológicos, concorrência e instabilidade econômica, entre outros motivos.

É por isso que não respondemos a você que a melhor maneira de se preparar para as profissões do futuro é estudando determinados assuntos de áreas específicas.

Claro que o ideal é que você encontre, entre as 45 profissões do futuro que listamos neste artigo, alguma que lhe desperte o interesse e procure aprender tudo sobre ela.

O mais importante, porém, é desenvolver a capacidade de aprender rapidamente, interpretar novas situações, processar informações e trabalhar em equipe.

E, ao contrário do que muitos pensam, não é conveniente deixar de lado suas características mais humanas, como a empatia, que é a capacidade de se colocar no lugar do outro.

Afinal, se as máquinas vão ocupar cada vez mais tarefas mecânicas e operacionais, reforçar o que nos distingue delas é a atitude mais inteligente.


Fonte: https://fia.com.br/blog/profissoes-do-futuro/

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo