top of page

Desmotivação no Trabalho: Como Identificar e Lidar com o Problema?



Emprego novo é uma maravilha. Mas, com o tempo, a rotina se estabiliza e as tarefas começam a ficar repetitivas. Pronto, acabou o encanto! De fato, a desmotivação no trabalho mata qualquer carreira promissora.

Por isso, você não pode deixar sua vida profissional cair nessa armadilha!


A melhor forma para combater a desmotivação é entender os motivos que o levaram a isso e procurar caminhos que lhe tragam satisfação. Para isso, é importante identificar quais as características que o definem como um profissional desmotivado e como você poderá lidar com isso.

O que causa desmotivação no trabalho?

A verdade é que a desmotivação no trabalho pode vir de diversos fatores. Esse desânimo, que compromete sua produtividade e credibilidade no mercado, pode afetar até mesmo seus rendimentos financeiros.

Portanto, vale a pena identificar possíveis causas. Certamente, as mais comuns são as cobranças em excesso, as metas inalcançáveis e a falta de feedback. Mas a gente pode listar mais algumas:

  • pressão desmedida por resultados;

  • falta de reconhecimento;

  • retrabalhos por falhas de comunicação;

  • infraestrutura precária de trabalho;

  • favoritismo e falta de transparência;

  • acúmulo de atividades e prazos curtos;

  • atrasos no pagamento e ausência de um plano de carreira;

  • falta de investimento no desenvolvimento profissional;

  • problemas de relacionamento interpessoal;

  • ambiente tóxico, com competitividade excessiva;

  • responsabilidades abaixo do potencial do colaborador;

  • ausência de liderança e de colaboração.


A desmotivação no trabalho também pode vir da sua vida pessoal. Problemas familiares, financeiros ou de relacionamento tendem a comprometer o desempenho profissional.

Logo, o primeiro passo é identificar o que causa essa falta de motivação. Assim, você passa a entender o que está atrapalhando o progresso da sua carreira. Com isso, pode tomar as atitudes certas pra resolver o problema.

Quais são as melhores formas de lidar com isso?


Após descobrir a raiz da desmotivação no trabalho, fica mais fácil lidar com a situação.


Assim, o primeiro passo é despertar um pouco mais esse lado do autoconhecimento. Além de identificar o problema, que tal exaltar suas qualidades e mapear os defeitos?

Nem sempre a culpa é da empresa, por exemplo. Ou somente dela! A desmotivação profissional pode ser um conjunto de fatores.

Seus medos, anseios, valores, crenças e limitações contribuem com o panorama. Sonhos e expectativas também! Por isso, pratique o autoconhecimento, descubra quem você é e o que almeja pra seguir com seus planos de carreira. Também é válido adotar as seguintes medidas:

  • desenvolver seu equilíbrio e inteligência emocional;

  • elaborar um plano de carreira consistente, alinhado ao que você realmente quer pra sua vida;

  • nesse sentido, ter metas e desafios bem definidos, claros e alcançáveis;

  • buscar capacitação profissional e uma atualização contínua;

  • aprender a dividir e equilibrar sua vida pessoal e profissional;

  • trabalhar a automotivação, pra não depender apenas de estímulos externos;

  • aumentar sua capacidade de gerir o tempo e de tomar decisões;

  • investir em networking etc.


O segredo pra lidar com a desmotivação no trabalho é despertar dentro de você a determinação de não se estagnar. Acontece que a rotina e o comodismo podem prender a gente numa condição desfavorável. Então, encontre a causa e arranque pela raiz o que está afetando sua motivação pra crescer profissionalmente.


37 visualizações0 comentário
bottom of page