JANEIRO BRANCO: 7 DICAS PARA CUIDAR DA SAÚDE MENTAL





Quando se fala em saúde mental ainda há um tabu enorme, muitas pessoas tem preconceitos sobre o assunto. Infelizmente, a educação emocional não é muito praticada em nossa sociedade e as pessoas têm medo ou vergonha de falar sobre suas emoções e sentimentos.


A saúde mental é fundamental para o bem-estar, assim como a força física, disposição ou resistência. Mente sã, corpo são. Os transtornos que a mente produz nem sempre estão atrelados a um problema físico, mas muitas vezes impactam também na saúde física.


Diante desse cenário, se faz importante enfatizar a Campanha Janeiro Branco, dedicada a convidar as pessoas a pensarem sobre o sentido e o propósito das suas vidas, a qualidade dos seus relacionamentos e o quanto elas conhecem sobre si mesmas, suas emoções, seus pensamentos e sobre os seus comportamentos.


Pensando nisso, separamos uma lista com 7 dicas que podem te ajudar a manter a saúde mental em dia.



1 – Cuide da alimentação.

A mente saudável precisa de um corpo bem cuidado. Ficar sem se alimentar pode causar fraqueza, fadiga e ainda comprometer órgãos importantes e responsáveis pela manutenção corporal e orgânica.


Uma alimentação balanceada e bem distribuída ao longo do dia mantém o organismo equilibrado e nutrido. Não adianta se alimentar bem no café da manhã e passar horas sem ingerir água e alimentos. Invista em refeições ricas em alimentos in natura e não se exceda no consumo de doces, gorduras e sal.


Comer bem não tem a ver apenas com a boa forma física, mas com o bem-estar geral. Opte por um cardápio variado e equilibrado.



2- Evite álcool e drogas


Substâncias psicoativas aumentam consideravelmente as chances de se desenvolver transtornos mentais. Se você já tiver recebido algum diagnóstico nessa área, o consumo dessas substâncias pode agravar a situação. Sem contar que elas causam problemas degenerativos ao cérebro e portanto, pedem cuidado.



3 – Pratique atividades físicas.

Colocar o corpo em movimento de forma regular também contribui para a saúde e bem-estar emocional.


A sua mente precisa descarregar toda a energia canalizada. A prática de atividades físicas é importante, tanto para a saúde física, quanto para eliminar toxinas, refletir, rever alguns conceitos e prioridades.


Fazer, no mínimo 30 minutos de exercício físico diariamente, ajuda a manter a oxigenação do cérebro em dia. Também favorece a produção de endorfina, substância responsável pela sensação de bem-estar, que contribui diretamente para a boa saúde mental.


Além disso, um corpo saudável é mais disposto, estimula a motivação, felicidade e até a produtividade.


4- Durma bem


Descansar é fundamental para o bom funcionamento do organismo, em especial do cérebro. Situações que levam à privação do sono ou a má qualidade desse sono podem favorecer os transtornos e prejudicar a saúde mental.


Alguns especialistas recomendam oito horas diárias de sono. Mas nem todo mundo consegue ou precisa cumprir essa carga horária. O importante é priorizar o sono como um momento fundamental para o relaxamento do corpo e da mente.


Pelo menos 30 minutos antes de dormir, evite usar celular, computador ou ver televisão. Além disso, cuide para que o ambiente fique bem escuro e silencioso.


5. Tenha uma rotina organizada


Ter uma rotina ajuda muito seu organismo, incluindo sua mente, a viver em equilíbrio. Nosso cérebro se acostuma com as tarefas e responsabilidades quando elas são organizadas, e isso evita estresses desnecessários, como esquecer um compromisso, por exemplo.


A mente consegue relaxar melhor quando você sabe que tem a maioria dos seus afazeres sob controle. Portanto, comece a usar sua agenda e veja como você vai ficar mais descansado, menos preocupado e com boa saúde mental.



6- Priorize relacionamentos Saudáveis


Preservar relacionamentos saudáveis é fundamental para manter a saúde mental. Procure manter próximo pessoas positivas e agradáveis.


Além disso, desfrutar de um tempo ao lado das pessoas que ama, faz com que a vida tenha sentido e cor. É importante trabalhar e se desenvolver profissionalmente, mas rever amigos e familiares é fundamental para a existência humana.



7. Conte com ajuda profissional


A maioria das pessoas pensa que não precisa de terapia ou que é preciso estar com alguma doença mental para procurar um terapeuta. Esse é um equívoco comum e que precisa ser desmistificado.


É fundamental procurar ajuda profissional ao perceber dificuldades em lidar com os sentimentos, emoções e as próprias frustrações. Aceitar as falhas e limitações é o primeiro passo para identificar que algo pode ser melhorado.

52 visualizações0 comentário