Mudar a carreira ou a profissão é possível?

Com base em experiências de profissionais, uns desanimados, outros nem tanto,m abordo a possibilidade da mudança de uma carreira ou profissão.

Você, algum dia, já se perguntou ou ficou pensativo se escolheu a profissão certa?


Muitos profissionais, até bem sucedidos, com certeza já se fizeram esse questionamento. Se olharmos o mercado de trabalho, vemos muitas pessoas com uma determinada formação, exercendo um papel que não condiz com aquilo que estudaram. Teriam elas escolhido a profissão errada?


A formação de um profissional, se dá com seus estudos e ao longo de sua carreira, porém muitas percepções daquilo que estudamos ou nos preparamos, mudam conforme conhecemos o mercado de trabalho. Às vezes, por anos, trabalhamos naquilo que não gostamos, ou percebemos que não é aquilo que queremos. Ainda existem casos, que não percebemos, mas estamos no lugar errado e simplesmente seguimos em frente.


Mas porque escolhemos a profissão errada?


A escolha de uma profissão normalmente, quando se tem “alguma” maturidade, acontece na fase antes da faculdade, quando estamos no final dos estudos e ficamos deslumbrados com algo que gostamos ou temos alguma afinidade, como carros, computadores, eletrônicos, pessoas, números, entre outros.


Existe ainda a influência dos pais, tios, amigos e até mesmo a atração por aquela que nos daria um maior retorno financeiro. É justamente nesse momento que escolhemos a profissão, certa ou errada. Mas, como escolher, se não sabemos ao certo como elas funcionam e nem mesmo fizemos um “test drive”?


Para o auxílio na escolha da profissão existem diversos testes que irão, com o devido acompanhamento, nos “compatibilizar” com aquilo que realmente gostamos e temos dons, os chamados testes vocacionais.


Bom, voltemos ao mundo profissional, após a escolha.


Para aqueles pessoas que escolheram a profissão certa, ótimo. Em sua maioria, estão felizes com o que fazem e vivem uma vida bem equilibrada profissionalmente.


Mas e para aqueles que escolheram a profissão errada ?


Mesmo na profissão errada é possível que “o cara” seja um bom profissional. Alguns são resilientes, profissionais de sucesso, mas que no fundo, sentem falta de algo em sua vida e não conseguem entender o por quê. Outros acabam tendo um impacto maior em sua qualidade de vida, com o trabalho desanimador e desgastante, causando sintomas como frustração, depressão, angustia, exaustão, esgotamento físico e emocional (***Síndrome de Burnout).


Algumas pessoas conseguem ter a percepção e identificar que é preciso mudar a carreira profissional; outras precisam de ajuda externa, como uma visita em um coaching ou até a um psicólogo, mas enfim, uma coisa é importante, não existe idade: É POSSÍVEL MUDAR, FAZER O QUE GOSTA, ENCONTRAR-SE NA PROFISSÃO E NUNCA É TARDE.


A motivação, o empenho, a satisfação, a alegria, são sentimentos que poderão ser despertados em você com a mudança. Desta forma, ganha-se em qualidade de vida, não apenas para você, mas também para todos que fazem parte de sua vida profissional e pessoal.


Porém, mudar de profissão ou a carreira não será fácil: a insegurança, o medo e a instabilidade financeira poderão ser alguns dos anseios.


O primeiro passo para a mudança é fazer um exercício de autoconhecimento, conseguir identificar o que realmente gosta e quer fazer. Identificar suas aptidões e habilidades. Depois de se identificar com a nova profissão, verifique as competências exigidas, os conhecimentos necessários.


Prepare-se, estude, planeje-se, programe-se, monte uma estratégia para realizar a transição da carreira ou da profissão. Por vezes terá dificuldades na mudança, mas seja persistente; se realmente é o que você quer, abrace, corra atrás e faça acontecer.


E, repito: É POSSÍVEL MUDAR, FAZER O QUE GOSTA, ENCONTRAR-SE NA PROFISSÃO. NUNCA É TARDE, mas depende de você, de seu esforço.


Se você se identificou com esse artigo, se não estiver satisfeito com sua carreira ou estiver na busca de uma nova profissão, nunca é tarde para realizar mudanças. Reflita, pense nisso e SEJA FELIZ.


Fonte:

https://administradores.com.br/artigos/mudar-a-carreira-ou-a-profiss%C3%A3o-%C3%A9-poss%C3%ADvel

3 visualizações0 comentário